terça-feira, 30 de maio de 2017

Shikakai - Ela Nasceu Para Os Cabelos!




Shikakai - o fruto para os cabelos

Originário do Índia central, o Shikakai é uma alternativa natural e saudável aos shampoos industrializados que podem fazer mal ao organismo humano, além de poluir as águas. Amplamente utilizado na Índia, este fruto da árvore Acacia concinna é capaz de garantir inúmeros benefícios para o cabelo, além de fornecer um aspecto rejuvenescido e saudável.

Shikakai é mais conhecido pelo shampoo natural derivado de sua fruta. Os ramos espinhosos têm listras lisas marrons - os espinhos são curtos. As flores são cor-de-rosa. As vagens são espessas, um pouco achatadas, espremidas, com 8 cm de comprimento, 1,5-1,8 cm de largura.

Shikakai tem muitas qualidades terapêuticas. É popularmente referida como "fruta para o cabelo", pois tem um pH naturalmente suave, que limpa suavemente o cabelo sem despojá-lo de óleos naturais. Shikakai é usado para controlar a caspa, promovendo o crescimento do cabelo e fortalecendo as raízes dos cabelos.


O que é Shikakai


Shikakai é o fruto da planta Acacia concinna, como dito acima. O diferencial do Shikakai em relação às outras alternativas naturais é que o Shikakai produz espuma como se fosse um shampoo. A casca contém níveis elevados de saponinas, as quais são encontrados em vários agentes de outras espécies de plantas utilizadas como champôs ou os sabões de formação de espuma. Plantas contendo saponina têm uma longa história de utilização como agentes de limpeza suaves. As saponinas a partir de vagens da planta ter sido tradicionalmente utilizado como um detergente. Porém, muito além da espuma, o Shikakai  é realmente capaz de limpar o cabelo de forma muito eficaz, graças às suas propriedades e nutrientes. Há algum tempo, era necessário comprar os frutos e folhas de Shikakai  e então moê-las para se obter o pó necessário para aplicação no cabelo. 

Hoje em dia isso não é mais necessário, tendo em vista que eu trouxe o pó de Shikakai  da Índia e o revendo através do mercado livre.


Benefícios do Shikakai

Já falei sobre o uso de Shikakai como shampoo para o cabelo, mas você vai se surpreender com os usos e benefícios de Shikakai para a pele, especialmente no tratamento de doenças de pele. Pode tratar doenças relacionadas com a pele, como sarna, psoríase, acne, pele desidratada e o uso regular de Shikakai sobre a pele pode prevenir infecções de pele. Shikakai além de sua utilização como um pó de lavagem de cabelo também trata várias doenças do couro cabeludo.

Devido aos nutrientes presentes no Shikakai , tais quais a vitamina A, D, E e K, além de antioxidantes, este fruto é de grande valia e auxílio na melhora da saúde dos cabelos. 

Isso já é sabido ao menos na Índia, onde tem sido usado por centenas de anos como shampoo natural.


Resumo de todos os benefícios que Shikakai trará aos seus cabelos:

• Previne e elimina a caspa

• Tem ação de shampoo e condicionador, pois não elimina os óleos naturais do couro cabeludo

• Nutre completamente o cabelo, fazendo-o crescer mais rápido e saudável

• Tem baixos níveis de pH, garantindo que não haja a remoção dos óleos naturais do cabelo

• Fortalece os cabelos, evitando pontas duplas

• Fortalece completamente as raízes, dando aspecto mais cheio

• Também pode ser utilizado para limpar o rosto e o corpo, através da utilização de uma espuma de banho


Modos de Uso
Como shampooA maneira mais comum de utilizá-lo é adicionar a seu pó algumas gotas de água e preparar uma pasta. Esta pasta pode ser aplicada diretamente sobre os cabelos umedecidos e depois enxaguada. A pasta deve ser utilizada como se fosse um shampoo normal para limpeza dos cabelos. Vai aplicando nos cabelos e esfregando levemente para formar espuma. Não é muita espuma como os shampoos industrializados.








Assista ao video!!!










Óleo de tratamento: Adicione uma colher de sopa de Shikakai em pó a meia xícara de óleo de coco. Pode acrescentar outras ervas de tratamento como a Amla, o Neem e a Cassia. Coloque a mistura em um recipiente e deixe-a curtir por alguns dias. Continue agitando-o ocasionalmente.




  • Mistura de Shikakai e iogurte também é excelente para o seu cabelo. Aplique nos cabelos e lave-os após 15-20 minutos.
  • Problemas de pele: Deve misturar Shikakai com cúrcuma e aplicar em todo o corpo. Ambos shikakai e cúrcuma tem propriedades antifúngicas, antimicrobianas e antibacterianas, o que torna esta lavagem eficaz para a sarna.

Nos primeiros dias, a utilização de shikakai como shampoo pode trazer a sensação de secura e ressecamento dos fios. Isso não deve gerar preocupação, pois é um resultado normal. Caso a sensação seja incômoda demais, é possível que após a utilização do shikakai você aplique um condicionador de sua preferência aos cabelos, ou mesmo um pouco de óleo para pentear, até que se adapte completamente a este produto natural.

É importante ter em mente que cada organismo tem uma forma única de reagir diante da aplicação de determinados produtos, portanto o resultado para uns não é o mesmo para outros.


 Clique aqui para comprar ⇒ Iara Henna no Mercado Livre





Fontes:
https://www.healthbenefitstimes.com/shikakai/
http://www.flowersofindia.net/catalog/slides/Shikakai.html
https://www.bimbima.com/ayurveda/medicinal-use-of-shikakai-acacia-concinna/1056/





sexta-feira, 19 de maio de 2017

Neem - O milagre vindo da Índia



Nome sânscrito: Nimba

Nome Hindi: Nim


Nome botânico: Azadirachta Indica 

Nome em Inglês: Margosa Botanical

Nome Homeopático: Azadirachta Indica - Mother Tincture

Outros nomes: bead tree, holy tree, Indian lilac tree, nim tree, pride of China,  neem des Indes (French), lila de la India (Spanish)



Habitat: A árvore neem acredita-se ser originária do Sri Lanka, Índia, Paquistão e Burma.



O Neem é uma árvore indiana usada pelos indianos há mais de 2000 anos. Na Índia ainda é considerado até hoje, como uma "cura-tudo" ou uma "erva milagrosa" que pode curar a maioria das doenças. 
Na antiga língua indiana do sânscrito é conhecido como "nimba", que deriva da frase "nimbati swastyamdadati", que significa "para dar boa saúde".




A árvore também é conhecida na Índia como a "farmácia da aldeia", referindo-se a seus usos para tratar uma variedade de doenças e enfermidades. Na medicina indiana são produzidos mais de 600 remédios a partir do Neem
Além disso o Neem Indiano está começando a ser utilizado pelas indústrias cosméticas. Na Índia eles usam para tudo desde remédio para diabetes passando por repelente naturais até produtos como pasta de dente, shampoo e creme anti envelhecimento.


               Este vídeo da UESB - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia traz informações muito boas acerca do uso e aplicações do Neem.


A ciência moderna está realizando vários estudos a fim de compreender essa eficácia medicinal. Segundo artigo publicado pelo departamento de bioquímica da Universidade Estadual de Maringá e as literaturas a respeito dos efeitos farmacológicos e médicos observados no corpo humano pelos extratos das várias partes da planta de neem, mostram que é considerado eficiente na cura e prevenção de várias doenças. 


As folhas possuem atividades antissépticas, curativas, antiulcerativa, anti-inflamatória, hipolipidêmica, que age no controle dos níveis de glicose no sangue, e hepatoprotetora. Tal estudo aponta que os extratos das folhas de neem, aplicados no creme dental, reduzem a placa bacteriana e têm bons efeitos no tratamento de gengivites e periodontites.

O Neem também tem sido usado na agropecuária como inseticida natural e repelente seguro para humanos e animais. Seus derivados chegam a afetar mais de 400 espécies de insetos pertencentes às ordens Coleoptera, Deptera, Heteroptera, Homoptera, Hymenoptera, Lepidoptera, Orthoptera, Thysanoptera, Neuroptera, alguns aracnídeos e alguns fungos. 


Popularmente pode-se dizer que o uso do neem atua contra pernilongo (incluido o Aedes Aegypti), piolho, pulga e carrapatos. 



Indústria de cosméticos


Neem pode ser utilizado principalmente para a fabricação de sabão, xampu, óleo para os cabelos, tônico capilar e óleo fortalecedor para as unhas.




Química: o motivo de tantos benefícios



Após algumas pesquisas iniciais, em 1963 um cientista indiano examinou a fundo a química dos princípios ativos do Neem e descobriu, por meio de uma pesquisa com gafanhotos, um agente inibidor do impulso de ingerir alimentos. Desde então, as pesquisas acerca desse tema se intensificaram. Vários compostos foram isolados e caracterizados - a maioria deles de biogenética semelhante aos liminóides (azadiractina, meliantriol, salanin etc), princípios amargos encontrados também em outras espécies botânicas. De acordo com os dados divulgados pela organização Neem Foundation, as folhas novas da árvore de Neem  possuem propriedades curativas para feridas e sarna, pois produzem flavonóides, que contêm propriedades antibacterianas e antifúngicas, e nimbosterol. Os liminóides, afetam a fecundidade em moscas domésticas e na mosca do chifre e podem causar desordem hormonal nestes insetos impedindo sua proliferação.



Principais propriedades químicas das folhas


Possuem muitos componentes, incluindo proteínas (7,1%), hidratos de carbono (22,9%), minerais, cálcio, fósforo, vitamina C, caroteno e aminoácidos livres, como o ácido glutâmico, tirosina, alanina, ácido aspártico, glutamina, cistina e também ácidos graxos.




SUGESTÕES DE USO



ENVELHECIMENTO: O desejo mais comum de qualquer mulher é envelhecer graciosamente. É óbvio que a pele fica velha quando ficamos mais velhos e os sintomas mais imediatos são no rosto. Neem contém antioxidantes que combatem as mudanças ambientais externas a que somos expostos e que prejudicam tanto a nossa pele, tais como o excesso de sol, lâmpadas fluorescentes, poluição, etc.  Um dos antioxidantes encontrados são os Carotenóides que lutam contra os radicais livres responsáveis ​​pelo envelhecimento da pele e debilidade geral do corpo humano. Também há os Ácidos graxos e vitaminas que dão vida às células dos tecidos principalmente o epitelial. Assim cuida de rugas e da elasticidade da pele.


PEDICULOSE(piolhos): Os piolhos são comuns entre as crianças da escola e é uma tarefa difícil para as mães lidar com isso. Neem é sempre melhor do que os produtos químicos que são usados comumente. Aplique pó de Neem diluído com um pouco de água morna e misturado em algum óleo vegetal, diretamente nos cabelos e deixe durante a noite. Lave-o de manhã com um xampu suave. O uso regular deste eliminará os piolhos permanentemente.


ESCABIOSE(sarna): O mesmo tratamento para pediculose pode ser usado para o corpo todo, menos em mucosas, partes íntimas, olhos.



CABELOS

Ponta Duplas, Fios Quebradiços e Frizz são reclamações constantes nos salões de beleza. Neem cuida dos seus cabelos e mais,  reduz frizz e repara pontas duplas. Ele também auxilia no crescimento do cabelo. 
Sugestão de uso: Dilua o pó de Neem em água morna e massageie todo seu couro cabeludo e cabelo. Deixe por uma hora e lave-o com um shampoo suave e condicionador. A aplicação regular vai hidratar o cabelo e vai reparar as cutículas danificadas além de diminuir o frizz.

Caspa e seborréia: Neem limpa o couro cabeludo e equilibra o nível de PH, que é o responsável pelo aumento ou diminuição da caspa. Você pode usar um xampu com um pouco do pó puro regularmente ou usar o Neem, diluído em água morna misturado a um creme neutro, por uma hora nos cabelos, uma vez na semana. Ele vai reduzir a queda de cabelo também.




Cabelo Saudável 








Este é o resultado final que todos nós queremos, não importa quais os produtos que temos usado. Um cabelo saudável é um sinal de corpo saudável.  Use Neem regularmente para experimentar essas mudanças.











Atenção: não indico o uso interno em hipótese alguma salvo se prescrito por médico. O uso externo deve acontecer apenas após um teste para verificar alergia, feito por colocar um pouco da mistura do pó diluido em água na parte de dentro do antebraço e aguardar 24 horas. Em caso de qualquer vermelhidão, coceira ou outra anormalidade seu uso deve ser descontinuado.

Para adquirir o pó de Neem no Brasil acesse:


Iara Henna no Mercado Livre 

Produto com Qualidade Yogi Globals - Jaipur - Rajasthan, Índia



Aprenda mais!!! Visite as fontes.

Fontes:
http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/nim.html#.WSCdwevyvIU
http://www.hennaandindigo.com/main-products/Neem+Powder.php#Neem Powder
http://www.theayurveda.org/ayurveda/herbs/20-health-benefits-of-margosa-neem-tree/
https://thetruthaboutcancer.com/neem-tree-miracle/
https://www.herbal-supplement-resource.com/neem-benefits-side-effects.html
https://herbpathy.com/Uses-and-Benefits-of-Azadirachta-Indica-Cid1177

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Cassia Obovata - Henna Neutra

Henna Neutra



Cassia Obovata
Sinônimos: Cassia senna, Senna obovata, Senna italica


Floração geralmente ocorre durante a estação chuvosa, mas as flores podem aparecer ao longo do ano em condições úmidas. Senna italica é geralmente propagada por sementes. O tratamento da semente por abrasão melhora a germinação.





PROPRIEDADES

        Atividade anticancerígena.

                 Antioxidantes com alto poder de eliminação de radicais livres.

                         Atividade antibacteriana  (Gram-negativas e Gram-positivas)

                                 Antifúngica


Cassia Obovata tem uma atividade antibacteriana substancial na mesma ordem que a ampicilina para várias bactérias. Também apresenta propriedades antifúngicas, antiproliferativas e antioxidantes. Os médicos Árabes foram os primeiros a usar a cassia para fins medicinais, com seu uso datando desde o século IX a.C. na farmacopéia árabe.



Cassia tem altos níveis de antraquinonas e ácido crysophanic que é um  inibidor muito eficaz de fungos da pele, infestações de ácaros, doenças bacterianas. Na medicina ayurvédica por exemplo, a cassia é usada contra inflamações da pele e erupções cutâneas, herpes, psoríase, furúnculos, queimaduras, contusões, caspa, seborreia.






USOS / APLICAÇÕES: Esta erva ayurvédica deixará seu cabelo brilhante, mais forte, mais espesso, sem caspa e saudável. Cassia obovata nos dá todos os benefícios de henna sem tingir.
Ela é um condicionador excelente que deixa os cabelos encorpados e brilhantes e também o couro cabeludo saudável.


MODO DE USAR:
A Henna Neutra pode ser usada em todos os tipos de cabelo.
Não aplique nas pestanas ou nas sobrancelhas. Somente para uso externo.
Pode diluir em água morna e deixar uns 15 minutos descansando para hidratar o pó. Pode usar pura ou também misturar com algum creme de tratamento ou óleo. O ideal é que os cabelos estejam limpos e lavados só com shampoo porque as escamas estarão abertas para receber todos os benefícios da planta.
Se for usada junto com a henna ajuda a diluir mais o pigmento e dar um tom loiro aos cabelos brancos.

Loiros
Se quiser dourar seus fios brancos deve misturar a cassia com a henna. Uma proporção de 3 colheres de cassia para uma colher de henna deixa um loiro bem bonito e vibrante.
Primeiro prepare a henna e quando ela liberar o pigmento prepare a cassia. A cassia não precisa liberar nada. Misture as duas e deixe nos cabelos em torno de 2 a 4 horas. 
Se a água da sua torneira não for pura, os minerais podem reagir com a Cassia e torná­-la verde, marrom ou até preta. Se você achar que sua água não é pura, teste primeiro ou use água filtrada ou destilada.



Para comprar clique:


Para um cuidado mais intensivo use junto a Amla



Fontes
- https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3021157/
- Gololo SS. Análise da atividade biológica do extrato bruto de espécies de Senna : Elucidação da estrutura de um composto com atividade antioxidante. Universidade de Limpopo; 2008. M.Sc Tese.
- Abdille MH, RP Singh, Jayaprakasha GK, Jena BS. Atividade antioxidante dos extratos de frutos de Dillenia . J Food Chem. 2005; 90 : 891-896.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

AMLA - PODEROSO ANTIOXIDANTE

Nome Botânico: Emblica Officinalis
Sinônimos: Phyllanthus Emblica
Família: Euphorbiaceae
Nome comum Inglês: groselha indiana, Emblic Myrobalan
Nome Hindi/Indiano: Amla, Amalaki
Habitat: Por toda a Índia, cultivada, bem como, cresce selvagem.
Partes da Planta Usadas: frutos, sementes, folhas, cascas
Produtos Oferecidos: Frutas, sementes, frutas em pó


Propriedades Medicinais: adstringente, refrigerante, anabolizante, adstringente, antibacteriano, antidiarreico, expectorante, antiespasmódico, antipirético, antioxidante, antiviral, antiemético, antihepatotoxico, antianémico, anti-hemorrágico, diurético, carminativo, laxante e imunomodulador.

Mas aqui vamos nos ater às propriedades cosméticas da Amla.

USO COSMÉTICO


PELE

AMLA para oleosidade e acne : Misture amla pó com uma colher de chá de suco de limão. Misturá-lo em bem e aplique sobre o rosto bem limpo. Esfregar a pele em movimentos circulares. Depois de deixar isso por 10 minutos, enxaguar com água morna. Atenção retire totalmente antes de se expor ao sol.

AMLA FACIAL: Misture amla pó e mel com iogurte para formar uma pasta grossa. Aplique isto sobre a sua pele e deixe durante cerca de 20 minutos e depois lave-a com água morna. Este creme faz sua pele limpa e suave. Ele pode ser repetida duas vezes por semana para obter os melhores resultados.

AMLA clareamento da pele: amasse alguns pedaços de mamão. Faça uma pasta com o pó de amla e adicione ao mamão. Também misturar uma colher de chá de mel. Deixe este creme por 15 minutos. Esta pasta reduz as manchas e olheiras.

AMLA espinhas e acne. Pode ser aplicado diretamente no rosto para reduzir espinhas e oleosidade diluído apenas em água morna.


CABELOS

Amla pode ser usado como um remédio para a perda de cabelo. Amla nutre o cabelo, tornando-o mais grosso e mais forte. Amla também proporciona brilho ao cabelo que é opaco e seco. Você também pode controlar condições como envelhecimento prematuro do ar com a ajuda de amla. Amla hidrata o couro cabeludo e também ajuda a no controle da caspa e outras questões relacionadas com o couro cabeludo.



 Você também pode usar amla pó de várias maneiras para fazer cremes de cabelo nutritivos, como segue:
















FORTALECIMENTO: Faça uma pasta com 2 colheres de chá de pó de amla e água morna. Para esta pasta, adicione o iogurte e mel. Aplicar a mistura uniformemente em seu couro cabeludo e cabelos. Deixe-a permanecer por cerca de 30 minutos antes de enxaguá-lo completamente. Este creme fortalece a raiz do cabelo e dá o brilho ao cabelo seco e opaco.

ANTICASPA: Este pacote não só cura caspa, mas também cuida de erupções no couro cabeludo e reduz a perda de cabelo. Misture amla pó com pouca água morna e faça uma pasta com requeijão. Aplicar no couro cabeludo; deixe por cerca de meia-hora e lavar com água. Você também pode usar pó de amla misturado com duas colheres de chá de suco de limão e aplicar no couro cabeludo e lave com shampoo.



Amla é uma  planta que tem frutas com altos níveis de ácido ascórbico. O pó da amla são as
Frutas secas e moídas. Você pode misturar este pó com sua mistura de henna e índigo para criar um tom mais frio de castanho.


Faça exatamente o mesmo processo das páginas anteriores, exceto que quando sua henna estiver pronta para misturar com o índigo, misture uma parte de amla com três partes de henna,  então coloque água suficiente na mistura para deixa-­‐la com uma textura de iogurte.





Para comprar AMLA acesse o link abaixo:

Amla no mercado livre






sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Água Oxigenada: qual estrago real ela faz à saúde e como usar equilibradamente?




O peróxido de hidrogênio, conhecido popularmente como água oxigenada, pode trazer muitos benefícios, porém o seu uso deve se dar com cautela. Isso porque a utilização indiscriminada do peróxido de hidrogênio por via oral ou em contato com a pele pode levar ao surgimento de problemas de saúde, como a obstrução de vasos sanguíneos.



O peróxido de hidrogênio e o peróxido de carbamida podem ser encontrados em diversos produtos, como clareadores dentais, enxaguantes bucais, cremes dentais e, em sua forma mais popular, nos descolorantes de cabelos e de pelos do corpo.

Nos rótulos destes produtos, a água oxigenada pode aparecer com os seguintes nomes: hydrogen dioxide, hydrogen peroxide (H2O2), albone, dihydrogen dioxide.

O uso indiscriminado de água oxigenada pode desregular o funcionamento dos linfonodos (íngua) levando a uma multiplicação das células de defesa do corpo. É como se estivéssemos provocando um processo inflamatório e fazendo com que nosso corpo ative os seus sistemas de defesa, que pode levar ao aparecimento de inchaço e vermelhidão. 
Segundo estudo, durante o uso foram gerados radicais livres no corpo das pessoas que passaram pelo experimento. Os radicais livres são responsáveis pela perda de células saudáveis por meio de processos de oxidação. O mesmo processo inflamatório pode ser originado em casos de uso indiscriminado da água oxigenada em descolorações. 


MAS O QUE SÃO ESSES RADICAIS LIVRES?!?!

Ele são criadores de encrenca dentro das células, sempre furam a fila das substâncias que precisam ser usadas quebrando a ordem que garante o bom funcionamento do organismo. E isso não é nada perto da confusão que fazem ao arrancar moléculas das membranas celulares e dos genes. Esses verdadeiros anarquistas são os radicais livres, moléculas que reagem com qualquer substância que encontram pela frente. A cada cria, surgem novas evidências de que, agindo dessa maneira promíscua, os radicais estão por trás de problemas tão diversos como o câncer e os ataques cardíacos.

Alguns cientistas também desconfiam que o processo de envelhecimento seria o acúmulo dos estragos provocados por esses baderneiros.




Radicais livres são, por definição moléculas instáveis, cujos átomos possuem um número ímpar de elétrons e o elétron, a partícula eletricamente negativa que gira em torno do núcleo atômico, prefere estar acompanhado. Quando isso não acontece, a molécula incompleta é capaz de capturar elétrons de qualquer outro átomo, para recuperar o número par. 


A água oxigenada, portanto não é um radical, porque possui um número par de elétrons, dois a mais do que o oxigênio. Mas, ao contrário dos radicais que, de tão rápidos, reagem no mesmo lugar onde são formados, as moléculas de água oxigenada são capazes de passear de uma célula para outra, o que aumenta a probabilidade de esbarrarem em um átomo de ferro e a atração entre os dois elementos químicos pode ser fatal para a célula.
Em outras palavras, ao se combinar com o ferro, a água oxigenada ganha mais um elétron o equivalente ao oxigênio com três elétrons extras, formando o terceiro e mais terrível dos radicais: a hidroxila, que reage instantaneamente com moléculas da célula.
O químico cearense Hugo Monteiro, da Fundação Hemocentro, tem observado que as células imunológicas conseguem retirar o ferro das proteínas que o embalam. Com água oxigenada por perto, cria-se uma bomba capaz de arrasar vasos e artérias.




 O desejo de exibir madeixas louras e ruivas inspira muitas morenas a descolorir os fios. Mas essa prática pode causar danos ao cabelo. Hoje sabe-se que a formação excessiva de radicais-livres, numa concentração que superior ao poder de equilíbrio interno, mecanismo natural de defesa do corpo, pode sim comprometer a síntese de melanina e provocar a perda acelerada da coloração natural do cabelo. Resumindo, os ’radicais livres’, moléculas muito reativas, atacam as proteínas e o DNA do corpo, causando degeneração em vários níveis diferentes, inclusive deixando os cabelos brancos.

Cuidados antes da descoloração:
É muito importante que os cabelos estejam em condições de receber a química sem danos. Por isso mesmo, antes de descolorir é necessário fazer uma análise do fio, saber se químicas foram utilizadas anteriormente e quais foram elas, testar a elasticidade e a resistência dos fios e verificar sua porosidade. Pode ser aconselhável fazer um tratamento alguns dias antes do procedimento, dependendo da necessidade e fragilidade dos fios é mais indicado hidratação ou cauterização.

Cuidados após a descoloração:
Os cabelos ficam mais frágeis após a descoloração, por isso é importante fazer hidratação e cauterização conforme a indicação do seu cabeleireiro, além de usar produtos específicos para fios descoloridos. É sempre importante dar um tempo após a descoloração do cabelo para fazer um próximo tratamento. Quando os fios continuam saudáveis, esse intervalo pode variar entre uma semana e quinze dias. Mas se os cabelos estiverem danificados, o ideal é esperar mais.




Boa Nutrição = Cabelos Lindos

Para combater os radicais livres precisamos de anti-oxidantes!!




  • Por tudo que foi escrito pense bem antes de hennar o cabelos. Henna é natural mas é permanente.
  • Se nunca hennou prefira sempre receitas que deixem seu cabelo mais claro. Se não ficar o tom que vc quer, não tem problema, pode hennar de novo. Mas se ficar escuro... JÁ ERA.
  • Henna não sai nem com descoloração. Algumas pessoas até conseguem através de métodos superagressivos. Mas o custo para a saúde como vimos acima sai caro demais. 

Fale comigo!!

Fontes:
http://revistaecologico.eco.br/noticia.php?id=1997
http://super.abril.com.br/comportamento/a-ameaca-dos-radic
http://blog.dermadoctor.com.br/2016/05/cabelo-elastico.html

sábado, 25 de junho de 2016

Red Kamala






Nome sânscrito: Kampilla, Rajanaka, Kampillaka
Nome botânico: Mallotus philippensis
Habitat: É encontrado no sudeste da Ásia, Afeganistão e Austrália.


Energética:

Rasa (gosto): Agudo
Virya (ação): Aquecimento
Vipaka (efeitos pós-ingestivo): Agudo

Dosha (Constituição):  Equilibra kapha e vata,
                                     Agrava pitta.





Kumkum Tree ou Red Kamala foi usado para fazer tinta natural de cor vermelha nos tempos antigos. Povos indígenas utilizam este corante em pó em rituais sagrados. Tem sido utilizada em várias preparações medicinais Ayurveda. É purgante e ajuda em doenças relacionadas com a digestão. Tem propriedades antibacterianas e antifúngicas, e é útil no tratamento de doenças da pele e a cura de feridas. Ele ajuda na purificação do sangue e regula a circulação sanguínea. Tem propriedades anti-inflamatórias e ajuda a aliviar a dor nas articulações.

Tornou-se uma opção para as pessoas que querem tingir seu cabelos sem usar químicas.

Red Kamala Yogi

 E vamos aos testes.


Ontem passei tinta no cabelo e hoje tasquei o red kamala. Ele tinge mas tinge mesmo. Calcem as luvas mesmo quando for preparar e não usem louça. Pote de plastico fica limpo mas minha cumbuquinha de louça está de molho. Não sai fácil não. Dilui a henna (100g) na água morna. Só usei 2/3.E depois que pigmentou misturei o RK já diluido (duas colheres de sopa rasa com pouca água, mas acho que podia ser menos). Mas tem que ser diluído em pouca água porque ele dilui muito fácil e fica muito líquido. Não sei se vou gostar porque gosto do ruivo cobre. Não gosto muito do vinho. Vamos ver. Vou deixar 3 horas.


Henna + Red Kamala
                      



Pra quem conhece henna ficou bem vinho.








 Bom lavei de novo e saiu uma água levemente colorida mas na toalha e nos travesseiros NADA!! Então o RED KAMALA é bom. MAS, como a henna, ele também depende da base. Então vou passar ele puro agora porque da minha raiz pro resto dos cabelos ficou uma diferença enorme. Não ficou feio (até porque em mim nada fica feio kkkkk) mas tá diferente. 


esquerda - base hennada                       direita - red kamala puro



UM MÊS DEPOIS




Ok. Muito legal em um cabelo hennado. Mas e num cabelo virgem ou descolorido?


TESTE DE MECHA EM CABELO VIRGEM E DESCOLORIDO


Esquerdo: descolori com amônia e ox30
Direito: cabelo virgem sem tinta, não uniforme, levemente mais claro nas pontas


Nos dois usei o Red Kamala puro só diluído em água mas uma boa idéia que li no grupo é a de usar maisena para diluir. 


Duas horas na mecha
Resultado na hora.


Resultado depois de lavado.
15 dias depois

 

 Então meninas que querem se aventurar no vinho os links para adquirir estão logo abaixo. 

Superbeijo!!!!


Links para a compra: